Dying Light Bom Jogo !

Comecei a jogar no Xbox One faz duas semanas, e notei que é uma continuação do DEAD ISLAND em minha opinião kkkk , claro com melhoras o personagem principal faz parkour e isso é bem interessante, visto quase tudo podemos escalar e bem útil para ficarmos longe dos zumbis mais lentos, a historia do game é interessante e quase em toda ela, você tem que fazer missões para os personagens que ainda restam vivos,missões algumas bem bobas , como achar uma barra de chocolate,um DVD um boneco ,esse tipo,os zumbis mais normais são fáceis de evitar visto são lentos bem lentos,mas não achei muito fácil de matar não, são casca grossa ainda mais quando você começa a bater em um, quando vê esta rodeado deles, tem também os zumbis que lembram o filme extermínio, onde te veem e saem correndo que nem doidos batendo em você, hahaha muito bom esses, e claro tem os sobreviventes do mal, que depois de um certo nível você mata eles rapidinho, mas no começo procure evita-los, ate mesmo por que no game morrer custa caro você perde muitos pontos de sobrevivência, quais servem para abrir novas habilidades bem úteis.

Mas onde tudo acontece e a adrenalina toma conta é na noite, quando anoitece aparecem super zumbis que te perseguem e te matam muito rápido, difícil fugir deles, então ate estar com um nível legal, conselho evite a noite.Olha o modo campanha e bem divertido mas o multiplayer decepciona mesmo, começa que não tiveram nem o trabalho de fazer um personagem diferente e é muito chato ficar esperando o dupla para passar a animação, único prós que achei é ficar dando porrada em dupla nos zumbis.  Tirando o multiplayer achei bem legal o game ainda não virei, mas pretendo fazer isso logo, é um jogo com uma dificuldade bem legal e com gráficos maravilhosos, recomendo muito.

Dying Light

Imagem

Dying Light é um dos survival horror games com temática zumbi mais esperados para o PS4 e os consoles da próxima geração. O jogo tem, constantemente, passado por mudanças nas mãos de uma equipe dedicada exclusivamente à incorporação de recursos de última geração para o título. E muitas destas novidades estão ligadas ao controle do PlayStation 4, de acordo com o designer do game, Maciej Binkowski. As novidades existentes vão permitir uma maior interação do jogador com o título através de comandos mais simplificados e visíveis no DualShock 4 , tais como acessar o menu principal apenas utilizando o touch do controle e interagir com os zumbis via comandos de voz, dentre outras.

O designer do game da TechLand, Maciej Binkowski, comentou em entrevista que a versão para PS4 promete utilizar o potencial do DualShock 4 e incorporar novas características ao modo de jogar. Dentre as novidades, ao ligar a lanterna no game o controle ficaria mais iluminado, facilitando a observação do jogador ao usar o item. Outra opção seria simplificar o acesso ao menu do jogo apenas utilizando o touch do controle. Além disso, a equipe também está trabalhando em uma mecânica que permite que o jogador grite no microfone do DualShock 4 para chamar a atenção dos zumbis para um determinado local, podendo criar estratégias mais elaboradas no modo co-op, por exemplo.

Dual Shock 4 será melhor explorado pelo game Dying Light (Foto: Divulgação)Dual Shock 4 será melhor explorado pelo game Dying Light (Foto: Divulgação)

Binkowski também falou sobre o compartilhamento de imagens online no PS4 e como é de grande interesse para o estúdio utilizar essa caraterística. “Queremos que o jogador seja capaz de compartilhar com seus amigos toda a emoção e adrenalina do jogo”, disse. “Os feitos incríveis de um jogador com vida baixa e poucos recursos, por exemplo, para sobreviver em situações extremas e difíceis, ou passar por certos desafios nestas condições, poderia ser dividido com amigos como uma forma de competitividade entre eles”, completa Maciej.

Segundo os desenvolvedores, em Dying Light, os zumbis estarão mais ágeis e mais inteligentes no período noturno do que durante o dia, garantindo boas cenas de perseguições e terror ao jogo. O diferencial que o game pretende trazer, além da jogabilidade focada no modo de sobrevivência e a complexidade existente na inteligência artificial dos zumbis, é justamente o modo noturno muito mais aterrorizante e complexo. Dying Light será lançado para PS3, PS4 , Xbox 360, Xbox e PC com Windows no próximo ano.

2 3 4 5 6 7